17/07/2021 às 00h00min - Atualizada em 17/07/2021 às 00h00min

Fotógrafo Ricardo Martins fala sobre sua paixão por paisagens e pelo Pantanal

Marcos Eduardo Carvalho
Ricardo Martins
Nascido em São José dos Campos, um dos principais polos industriais do interior de São Paulo, o fotógrafo Ricardo Martins sempre teve paixão pela natureza. E, dessa paixão, nasceu o talento para a fotografia. E, que talento!

Aos 41 anos, ele também tem uma forte relação com o Pantanal. Afinal, seu pai é nascido em Aquidauana-MS, e desde pequeno frequentava o local, em visitas de férias aos familiares que vivem lá.

Martins, que hoje mora em Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo, tem sua própria empresa de fotos, a RM Produções e já lançou alguns livros sobre fotos. Um deles é o Cafés da Mantiqueira, que retrata as fazendas no Vale do Paraíba, também próximo de sua cidade natal.

A seguir, veja a entrevista exclusiva do fotógrafo ao portal Manezinho News, parceiro do Professor Tá On

Manezinho News: Ricardo, quando surgiu seu interesse pela fotografia?
Meu interesse pela fotografia surgiu indo para o Pantanal com o meu pai, quando eu tinha 4, 5 anos de idade. Achava aquilo incrível e gostava de contar para a pessoas. E, aos 10 anos, tirei foto de uma cobra cipó e descobri que poderia não só contar para as pessoas o que eu via, mas também mostrar para as pessoas. Então, foi uma mistura. Primeiro a paixão pela natureza e depois a descoberta de que poderia mostrar para as pessoas a natureza. Isso, com 10 anos de idade.

Manezinho News: Qual o segredo para ser um bom fotógrafo?
Para ser um bom fotógrafo, tem que ser muito observador e ter paciência. A paciência é um grande segredo da fotografia no geral e, principalmente, na fotografia de natureza. Quem dá o tempo para você é a natureza.  Não é você. Quem vai escolher a hora que vai fazer a foto, não é você, não depende de você. Então, a paciência é fundamental.

Manezinho News: Que tipo de trabalhos prefere fazer?
Eu adoro fazer fotografia no meio da natureza. Esse do pantanal, agora, acho incrível fazer, quando rola expedição e vai para lugar que não tem muito acesso, tem que pegar barco, fazer aventura. Quando é expedição, me chama demais. Adoro fazer trabalhos como o Café da Mantiqueira, que foi o último livro que lancei, amo fazer, mas é algo mais controlado, tem a fazenda aqui e ali, é mais controlado. Mas esse tipo de trabalho que vou fazer no Pantanal, que vou cortar o Pantanal inteiro, que você tem que ter uma logística incrível, se o carro quebrar não vai ter ninguém para ajudar, gosto disso.

Manezinho News: Como surgiu o interesse por fotografar paisagens?
Primeiro veio o interesse por fotografar bichos. E as paisagens vieram muito com a Serra da Mantiqueira (no Vale do Paraíba-SP), que me trouxe algo muito interessante para fotografar paisagens, admirando. Ainda mais que comecei a entender que as pessoas que moram nos locais perto, não conhecem. Então, o pessoal do Vale do Paraíba não conhece a Serra da Mantiqueira, aquela muralha linda. Então, esse despertar as pessoas para o que está ao seu redor, no seu quintal, me chamou muito atenção para conseguir fotografar paisagens e levar para as pessoas.

Manezinho News: Como é sua relação com o Pantanal? Com que frequência faz fotos por lá?
Minha relação com o Pantanal é desde criança, pois meu pai é de Aquidauana-MS, sempre falou muito do Pantanal e levava a gente para lá. Então, eu muito criança, com 3, 4 anos de idade, meu pai colocava eu e meus irmão e a gente viajava de São José dos Campos até Mato Grosso do Sul, para passar as férias com minhas tias. Minha infância no Pantanal sempre foi muito importe. Começou aí minha relação, meu amor pela natureza. Uma vez por ano acabo indo para o Mato Grosso do Sul. Fui lá há dois meses e vou voltar lá agora.

A seguir, veja o vídeo do bate-papo entre Ricardo Martins e Alessandro Leguir, do Manezinho News.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://professortaon.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp