16/11/2021 às 12h04min - Atualizada em 16/11/2021 às 14h40min

Como o uso do benefício de saúde pode reduzir custos em uma empresa

SALA DA NOTÍCIA Glaucia Galmacci
 

Por Charles Boussion*

Os benefícios corporativos, sobretudo os ligados à saúde, representam uma maneira de demonstrar zelo, cuidado e preocupação com os colaboradores.  Isso porque, em diferentes formas de serviços, o oferecimento de serviços de saúde soma no valor agregado para a manutenção de uma vida mais confortável e saudável, especialmente após o advento da covid-19, que tornou a preocupação com a saúde maior. 

Pesquisa realizada pela Ticket com mais de mil pessoas mostrou que para 92% delas ter um auxílio de saúde se tornou mais importante após a pandemia. Por isso, vale considerar o investimento em formas de oferecer este suporte, por meio de iniciativas internas e, especialmente, de benefícios.

Embora não seja uma exigência legal, oferecer auxílios de saúde torna os colaboradores mais satisfeitos, engajados e, consequentemente, mais produtivos. Porém, como todo negócio precisa equilibrar a gestão de pessoas com a saúde da empresa, elenco algumas dicas para que as empresas possam garantir esse diferencial corporativo sem prejudicar as finanças. 

  1. Trabalhe com a prevenção

O benefício de saúde empresarial é importante para dar segurança ao trabalhador. Afinal, ele sabe que, caso fique doente, terá a assistência profissional necessária para se recuperar. Porém, ainda melhor que receber atendimento médico em caso de doença, é se manter saudável em tempo integral. Por isso, trabalhar para prevenir problemas e tornar a empresa corresponsável pela saúde do trabalhador ainda é o melhor remédio, já que isso evita o sofrimento do profissional com  sintomas de doenças e  tratamentos, além de reduzir o absenteísmo e manter a produtividade. Portanto, invista em prevenção. Traga especialistas para conscientizarem os colaboradores sobre a importância da boa alimentação e ofereça benefícios que contribuam para que eles tenham refeições nutritivas, como os vouchers de alimentação e refeição.

Também vale a pena implantar programas de vacinação e de incentivo à prática de atividades físicas. Assim, as doenças se tornarão mais raras e os trabalhadores usarão os serviços do benefício de saúde empresarial com menor frequência. A diminuição na sinistralidade terá como resultado a redução de custos.

  1. Conscientização em relação ao uso

É preciso orientar os colaboradores para que a utilização do benefício seja mais bem aproveitada. Isso significa que eles devem conhecer as alternativas disponíveis na rede credenciada para buscar os melhores tratamentos com muito critério, evitando usar apenas os prontos-socorros e atendimentos emergenciais, que podem gerar desperdício e que não são a melhor solução para determinados problemas de saúde. Assim, eles terão um melhor atendimento e ainda evitam a sinistralidade alta para a empresa. 

  1. Invista em opções sem reajustes e sinistralidade

Atualmente, é possível oferecer serviços de saúde aos colaboradores sem a necessidade de contratação de um plano, com acesso a consultas e exames com preços competitivos. É o caso Ticket Saúde, alternativa mais acessível para empresas de todos os tamanhos. Trata-se de uma plataforma digital que possibilita agendamentos em 13 mil postos de atendimento, com 35 especialidades médicas, em todo o território brasileiro, incluindo hospitais de alta qualidade, telemedicina, atendimento emergencial, atendimento odontológico, pacotes cirúrgicos e exames de alta complexidade.

*Charles Boussion é Gerente de Inovação e Mercados Estratégicos da Ticket.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://professortaon.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp