10/11/2021 às 08h42min - Atualizada em 10/11/2021 às 08h42min

E.E Professor Alício Araújo realiza interação e acolhida com imigrante haitiano

Dia 05 de novembro foi realizada acolhida temática para aproximação da cultura do Haiti e dar visibilidade à realidade do estudante aos demais colegas.

Adersino Valensoela Gomes Junior

Campo Grande (MS) - Escola Estadual Professor Alício Araújo, que oferta ensino em tempo integral, através do Programa “Escola da Autoria”, realiza interação entre estudantes com acolhida temática para aproximação de estudante estrangeiro.

Acolhida ao estudante haitiano foi realizada na unidade escolar de Dourados

Dentre os jovens em idade escolar, a unidade, no dia primeiro de março, deferiu a matrícula do estudante Stanley Guerson Felix, para etapa do ensino fundamental, turma 9º B. Seu primeiro contato com a escola foi no período remoto, em que a coordenadora pedagógica Tania Maria Tafarelo Rodrigues Araújo fazia as primeiras intermediações entre estudante e os professores, já que o estudante, ainda não falava a língua portuguesa.

Interação e acolhida

Foram alguns meses fazendo uso do google translater, readaptando atividades pedagógicas complementares e propiciando a interação do estudante à realidade escolar. Após oito meses, o estudante já consegue compreender a língua e já interage com os colegas.

Neste dia 05 de novembro de 2021, a professora de Projeto de Vida, Ana Paula Alves da Silva realizou junto com os estudantes uma acolhida temática para aproximação da cultura do Haiti e como forma de dar visibilidade à realidade do estudante aos demais colegas.

Os estudantes fizeram cartazes, selecionaram vídeos e imagens referentes à gastronomia, economia e cultura haitiana. O homenageado veio com vestimentas do seu país e os colegas, com cores referentes a bandeira do país. Além disso, recebiam a comunidade escolar com um alegre Bonjour, cumprimento de Bom dia aos integrantes da escola.  Para o estudante foi “Bienvenue a étévraimentbon” (A acolhida foi realmente boa), relatando de maneira carinhosa a ação dos colegas.

Cultura haitiana

Estudantes fizeram cartazes, selecionaram vídeos e imagens referentes à gastronomia, economia e cultura haitiana

O crioulo haitiano é a língua falada pela maioria da população do Haiti, cerca de 11 milhões de pessoas, todavia a língua oficial do país é o francês, idioma no qual o crioulo haitiano foi majoritariamente baseado.

Segundo o site da USP, uma pesquisa realizada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) averiguou os motivos que fizeram a população haitiana imigrar para o Brasil, e um dos motivos além da crise econômica e política do país foi as condições que assolou o Haiti após o terremoto ocorrido em 2010, em que o Brasil permitiu a questão do visto humanitário,possibilitando uma migração regular.

Em Mato Grosso do Sul, de acordo com o Observatório de Migrações Internacionais (OBMigra) foi considerado o quarto estado brasileiro em recebimento de imigrantes haitianos, sendo Dourados uma das cidades com grande número de imigrantes que estão residindo na cidade com visto e documentação para trabalhar.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://professortaon.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp